PROJETO FAMILIA EM OBRA – VACARIA RS

Projeto em parceria com o município, com enfoque sócio-educativo, que atende famílias que recebam até 2 (dois) salários mínimo. A família, biológica ou social, é o primeiro grupo do qual a criança participa, ou seja, todo recém-nascido necessita, para a sua sobrevivência, ficar sob os cuidados de um adulto que se responsabilizará em criar ou promover as condições essenciais para o seu desenvolvimento biológico, psicológico e social. O processo de socialização conhecida como socialização primária, tem inicio na família, daí a importância de criar um espaço de valorização das relações familiares.

PROJETO SEMENTES DO AMANHÃ – VACARIA RS

Projeto que consiste na criação de um espaço para o desenvolvimento da criança e do adolescente (contra-turno), através de atividades esportivas, culturais, bem como aulas para reforço do conteúdo aprendido na escola, propiciando acesso a oportunidades de aprendizado, troca de experiências de vida, relacionamento interpessoal, entre outros, minimizando assim os riscos de contato com contingências que possam prejudicar o seu desenvolvimento na sociedade.

Projeto de Olho nos Direitos – Balcão de Direitos

Projeto desenvolvido cuja base legal é o Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA – Lei n.º 8069 de 13 de julho de 1990. Visa assegurar a proteção integral dessa população, censurando qualquer forma de violência, ao mesmo tempo em que entende ser dever de todos, família, Estado e sociedade civil, zelar pela dignidade dos mesmos.

O “Projeto de Olho no Direito” foi um conjunto de ações sociais especializadas e multiprofissionais, dirigidas às crianças e adolescentes e seus familiares. Através de atendimentos psicossocial e sócio-jurídico o projeto visa prevenir e prestar serviços especiais para população atendida.

Foram realizadas centenas de atendimento jurídico e social a população da cidade através de equipe multidisciplinar fornecida pela OJAC.

OBJETIVOS:

Tem como objetivo promover a democratização de direitos, a partir da difusão de informações jurídicas a população de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social e da produção de alternativas mais justas para a resolução de conflitos, visando o exercício pleno da cidadania, contribuindo assim para a formação de uma sociedade solidária e plural, apta a exercer seus direitos e deveres de forma cidadã e democrática, possibilitando a acessibilidade à justiça e ao conhecimento, através da atuação em comunidades periféricas, em parceria com os movimentos sociais organizados e o Poder Público. Visando diminuir a distância entre um mundo de Direitos estabelecidos formalmente e os tantos mundos que, excluídos de seus direitos fundamentais, acabam por criar códigos éticos locais a alternativas comunitárias de justiça, o Balcão de Direitos promoverá a articulação, capacitação e mobilização das localidades e agentes sociais envolvidos para que uma rede de justiça e cidadania se multiplique, estimulando ações cidadãs reflexão social.

I – Divulgação de direitos:
Esclarecer as comunidades assistidas quanto aos seus direitos e sua forma de exercício. Realizando tais atividades através de mini cursos, palestras, encontros que serão realizados nas comunidades por nossos monitores ou ainda na sede da OJAC.

II – Orientação para a obtenção de direitos individuais e coletivos:
Esclarecer e orientar para a discussão conjunta com a comunidade e encaminhamento para os órgãos públicos competentes das demandas coletivas da comunidade assistida através de assessoria e consultoria jurídica gratuita.

III – Inclusão cidadã através da obtenção de documentação básica:
Permitir o acesso à documentação civil a comunidade assistida, a partir de convênios com órgão estaduais e federais

IV- Formação para a promoção da cidadania e defesa dos direitos humanos e constitucionais:
Capacitar as lideranças na comunidade de tal forma a torná-las capazes de lutar por seus próprios direitos de forma cada vez mais autônoma.

V – Capacitação:
Promover palestras de esclarecimentos e cursos de capacitação para o trabalho assim como reforço escolar.

VI – Assistência Social:
Promover a assistência social da comunidade por meio da avaliação e encaminhamento segundo as demandas levantadas pelos levantamentos

PROJETO LUGAR JOVEM – ESCOLA DE FUTEBOL SANFFOT

Projeto que visa o desenvolvimento pessoal, social e comunitário de alunos que estão matriculados em escolas públicas. Proporciona capacitação teórica e prática para que o aluno permaneça estudando e promovendo sua integração com a família, com a comunidade e com a sociedade, através de atividades esportivas, culturais e educativas.

A OJAC, no Projeto Escola de Futebol Sanfood, desenvolveu um trabalho social com comunidades carentes de Curitiba de 2011 a 2015, voltado a crianças e adolescentes de 8 a 17 anos em contra-turno escolar, dando oportunidade através do esporte desenvolver sua formação e resgate da marginalidade. O projeto também realizava apoio às famílias com apoio social, preparação para o trabalho e doações de alimentos as famílias mais carentes. Atendia cerca de 220 famílias por mês. Os recursos para sua realização eram de iniciativa privada.

No final de 2015 foi necessário interromper um dos projetos devido não ter espaço físico público disponível, para tanto, era necessário contratar quadras esportivas particulares por hora ficando inviável o aspecto financeiro aos patrocínios liberados pela OJAC, assim as atividades esportivas do projeto Escola de Futebol Sanfoot ficaram sendo realizadas esporadicamente, sempre foi realizado em quadras de praças em bairros periféricos, e aconteciam não apenas treinamento esportivo, mas também, atendimento integral e social multidisciplinar. Contudo, pretende-se retomar o projeto em 2017 (enviamos o projeto neste documento), e para tanto, enviamos uma Carta Ofício a prefeitura de Curitiba para concessão de quadras nas praças do bairro Campo do Santana para continuidade deste projeto.